Na Rússia, testemunhas de Jeová são presos pela simples prática da religião Featured

12 Fev 2019
23 times

Por decisão da Suprema Corte Russa, ser testemunha de Jeová no país é crime desde 2017. Foi com base nessa censura religiosa que o governo russo prendeu na última semana dois grupos de praticantes da religião em Mordóvia (centro-oeste da Rússia) e no distrito de Iugra (Sibéria Ocidental), informou o Ministério do Interior.

Foram apreendidos celulares, computadores, bíblias e livros com ensinamentos da religião.

Na quarta-feira (6), o dinamarquês Dennis Christensen foi condenado a seis anos de prisão por “extremismo”. Christensen foi condenado após um julgamento que durou 10 meses em Oriol, cidade que fica 400 km ao sul de Moscou. Yaroslav Sivulskiy, porta-voz na Rússia das Testemunhas de Jeová, afirmou que o movimento vai recorrer contra a decisão. Em um comunicado, Sivulskiy afirmou “lamentar a condenação de Dennis Christensen, um homem inocente que não cometeu nenhum verdadeiro crime”.

Rate this item
(0 votes)

1 comment

  • Renna Korey
    Renna Korey Domingo, 10 Março 2019 17:54 Comment Link

    After all, what a great site and informative posts, I will upload inbound link – bookmark this web site? Regards, Reader.

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

Tela Noticia acima de tudo, representa jornalismo com seriedade em busca da verdade por trás dos fatos!

Lives Facebook

GALERIA FATO VERDADE