Brazil at Silicon Valley 2021 debate futuro da educação nesta terça

brazil-at-silicon-valley-2021-debate-futuro-da-educacao-nesta-terca


Roberto Sallouti, Jeff Maggioncalda, Marco Fisbhen e outros convidados vão debater sobre o assunto e a jornada de aprendizado ao longo da vida. Participantes da Brazil at Silicon Valley 2021
Reprodução
O Brazil at Silicon Valley, movimento de suporte à transformação do país por meio da tecnologia e inovação, promove uma edição especial sobre educação nesta terça-feira (20).
Haverá transmissão no canal oficial da BSV, no Youtube, em português e inglês.
A edição 2021, que tem como tema central “O Brasil que está dando certo”, apresentará três painéis que vão cobrir vários aspectos atuais do ensino no Brasil e no mundo.
Às 17h de terça, Roberto Sallouti e Maira Habimorad apresentarão o Instituto de Tecnologia e Liderança, o Inteli, iniciativa sem fins lucrativos nascida após insights que Sallouti e outros sócios do BTG Pactual tiveram durante a edição 2019 da conferência BSV, na Califórnia.
Com moderação de Bruno Yoshimura, General Partner e co-fundador da ONEVC, eles vão falar sobre o projeto – inspirado em Stanford e no MIT – que busca desenvolver lideranças em tecnologia para acelerar o desenvolvimento do Brasil.
Na sequência, às 18h, Jeff Maggioncalda, CEO da Coursera, se junta a Marco Fisbhen, CEO do Descomplica, para debater “A Jornada de aprendizado ao longo da vida” e como a tecnologia mudou o nosso relacionamento com o aprendizado e capacitação, muito além das escolas.
Às 19h, Amit Patel, managing director da Owl Ventures, e Dan Carroll, co-fundador da Clever, discutirão inovações tecnológicas e de conteúdo na grade curricular e formação de jovens no ensino básico, fundamental e médio, conhecido como K12.
Segundo a organização do evento, a escolha do tema educação foi estratégica. Além de estar alinhada com a missão do movimento em promover o ecossistema de inovação brasileiro, é o setor que recebe cada vez mais atenção de investidores e empreendedores em todo o mundo.
De acordo com o Relatório do Distrito, apenas em 2020, foram mais de US$ 11 bilhões investidos globalmente no setor. No Brasil, o número de edtechs passou de 434 para 559, aumento de 28%.
“A educação é um dos principais pilares de qualquer sociedade e não poderia ficar de fora dos nossos debates. Neste especial, a BSV vai mostrar como as edtechs estão transformando o cenário de escolas, seja ensino primário ou superior, a educação continuada dos profissionais e também empresas dos mais diversos setores”, explica Iona Szkurnik, membro do Conselho da Brazil at Silicon Valley, empreendedora e cofundadora da edtech Education Journey.
Entenda a Brazil at Silicon Valley
Liderado por estudantes de Stanford e Berkeley, o movimento visa melhorar a competitividade do Brasil. Desde 2019, o evento acontece anualmente e já reúne cerca de 70 palestrantes e mais de mil participantes. Empreendedores, investidores, executivos e decisores políticos discutem temas relevantes ligados ao desenvolvimento tecnológico.
Neste ano, os esforços estão concentrados em promover debates e desenvolver produtos que possam fomentar o ecossistema de inovação, gerando resultados concretos.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *