USF do Jardim Limoeiro II faz campanha contra hepatites virais

usf-do-jardim-limoeiro-ii-faz-campanha-contra-hepatites-virais

A Secretaria da Saúde (Sesau) promoveu nesta terça-feira (22/07), por meio da Unidade de Saúde da Família (USF) do Jardim Limoeiro II, teste rápido para detecção de doenças como HIV, Sífilis e Hepatites B e C, além de vacinação para as patologias cuja imunização já existe. A atividade celebra o Julho Amarelo, mês dedicado ao alerta contra as hepatites virais, instituído pela Lei n.º 13.802, de 10 de janeiro de 2019.

A iniciativa volta a acontecer na unidade no dia 28 de julho, próxima quarta-feira, e ocorrerá das 13h às 17h. Para participar, é preciso que o paciente se dirija à unidade portando cartão do SUS, carteira de vacinação e documento com foto.

A gerente da unidade, Elinei Brito de Souza, esclareceu que a campanha faz parte de uma mobilização global. “Esperamos que os moradores compareçam para fazer a prevenção contra as hepatites virais, nesse Julho Amarelo, contra a sífilis e HIV, e assim evitem o agravamento dessas doenças, em caso de testagem positiva”, explicou.

Segundo Raquel Campos, médica da USF, as hepatites virais são muitas vezes silenciosas e por essa razão só mediante o teste é possível diagnosticá-la. “Qualquer um pode ter sem saber. Todos os maiores de 18 anos devem fazer o rastreio de hepatites, de preferência anualmente, já que a doença é também sexualmente transmissível”, alertou. Segundo a especialista, existem vacinas para as hepatites A e B, tipos bastante recorrentes, mas a hepatite C demanda mais atenção, pois ainda que possua tratamento como as A e B, para a C não há vacina. Ela é responsável por causar doenças crônicas como cirrose e câncer de fígado.

Pedro Neto, outro médico da unidade, explicou que os sintomas mais comuns das hepatites virais costumam ser inespecíficos. “Febre, dor abdominal, prostração, muito semelhante à síndrome gripal, podendo evoluir para pele amarelada, desconforto abdominal mais intenso”, elencou o profissional. No modo mais crônico, como nas do tipo B e C, pode-se evoluir para o quadro de cirrose, no qual o paciente já passa a apresentar sintomas como distensão abdominal mais acentuada, queda de pelos, em função do comprometimento do fígado.

Itamar Cerqueira Júnior, pai de Bernardo, destacou a importância da atividade. “A vacinação é de extrema importância para a saúde da criança, para evitar inúmeras doenças. Essa divulgação incentiva a vinda desses filhos, junto com a vacinação dos adultos”, reconheceu.

The post USF do Jardim Limoeiro II faz campanha contra hepatites virais appeared first on Prefeitura de Camaçari.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *