Economia da Alemanha cresce 2,7% em 2021 após tombo de 4,6% em 2020

Economia da Alemanha cresce 2,7% em 2021 após tombo de 4,6% em 2020 thumbnail

Apesar do avanço, PIB alemão ainda ficou 2% abaixo do nível pré-pandemia, de acordo com dados oficiais preliminares. A economia da Alemanha não conseguiu retornar ao tamanho pré-pandemia em 2021, uma vez que a escassez de microchips afetou a produção na indústria automobilística e mais restrições contra a Covid-19 desaceleraram a recuperação da maior economia da Europa, mostraram dados nesta sexta-feira.
O Produto Interno Bruto (PIB) alemão cresceu 2,7% em 2021, depois de despencar 4,6% no ano de 2020, o primeiro da crise do coronavírus, de acordo com dados preliminares da Agência Federal de Estatísticas.
O resultado ficou em linha com a expectativa em pesquisa da Reuters com analistas.
O dado significa que a produção econômica da Alemanha ainda estava 2% abaixo do nível de 2019, pré-crise, segundo a agência.
A quarta maior economia do mundo encolheu nos últimos três meses de 2021 depois de crescer nos dois trimestres anteriores, uma vez que o aumento nas infecções por coronavírus levou a renovadas restrições no varejo e no setor hoteleiro, disse a agência.
A estimativa inicial para o PIB do quarto trimestre indica contração entre 0,5% e 1,0%, completou um porta-voz.
Os principais motores do crescimento em 2021 foram um salto nas exportações e fortes gastos públicos para compensar o impacto do coronavírus, segundo a agência.
Áustria e Alemanha batem recordes de novos casos de Covid

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *