Em visita a Moscou, secretário-geral da ONU pede cessar-fogo na Ucrânia ‘o mais rápido possível’

em-visita-a-moscou,-secretario-geral-da-onu-pede-cessar-fogo-na-ucrania-‘o-mais-rapido-possivel’
O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, fala durante reunião com Serguei Lavrov

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, fala durante reunião com Serguei Lavrov
Maxim Shipenkov/Reuters – 26.04.2022

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, pediu nesta terça-feira (26) em Moscou um cessar-fogo na Ucrânia “o mais rápido possível”. 

“O que nos interessa muito é encontrar os meios para criar as condições de um diálogo eficaz, criar as condições para um cessar-fogo o mais rápido possível”, declarou Guterres, antes de uma reunião com o chefe da diplomacia da Rússia, Serguei Lavrov.

“Embora a situação na Ucrânia seja complexa, com diferentes interpretações do que está acontecendo lá, é possível ter um diálogo sério sobre como agir para minimizar o sofrimento do povo”, acrescentou.

Após seu encontro com Lavrov, Guterres seria recebido pelo presidente Vladimir Putin. Esta é a primeira viagem do chefe da ONU a Moscou desde que a ofensiva militar russa contra a Ucrânia começou, em 24 de fevereiro.

Depois de Moscou, Guterres deve visitar Kiev, onde sua decisão de ir à Rússia em primeiro lugar foi fortemente criticada. O presidente ucraniano Volodmir Zelenski disse que não via “nenhuma justiça e nenhuma lógica nessa ordem”.

Desde o início da intervenção russa na Ucrânia, a ONU parece permanecer à margem do conflito, entre outras razões pela fratura que essa crise causou entre os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança (Rússia, Estados Unidos, Paris , Reino Unido e China).

 

Guerra na Ucrânia completa dois meses com massacre de civis e milhões de refugiados

 

Related Articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.