×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 1917

Empresa nega irregularidades em construção de condomínio em Arembepe Featured

12 Out 2018
77 times
A JMJ - Arembepe Empreendimentos SPE LTDA procurou o BNews para dar a própria versão a respeito da construção do Condomínio Luar de Arembepe, localizado no município de Camaçari (BA). Ambientalistas e políticos da região acusam a Prefeitura de dar licença em uma área de proteção ambiental permanente. A denúncia foi publicada no início de setembro. A obra será composta de 14 quadras, totalizando 164 frações ideais, numa área total do terreno de 93.498,00 m2. De acordo com a empresa, os procedimentos legais foram seguidos e a área é de propriedade privada. "Esse projeto, vale ressaltar, foi analisado e encontra-se totalmente aprovado perante a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente do Município de Camaçari", afirma, em nota enviada ao site e com as licenças em anexo. Segundo a JMJ, para viabilizar o empreendimento, "foi obtido o respectivo Alvará de Aprovação e Execução e todas as autorizações necessárias perante o Poder Público". "Ademais, essa área onde se concentra a Festa de Arembepe, todos os anos o Município de Camaçari solicita ao proprietário autorização para realização do principal evento de Arembepe, e o proprietário sempre fez a concessão, sem qualquer benefício ou remuneração. Esse fato supostamente deve estar levando os moradores da região de Arembepe acreditar e entender ser uma área pública", declara a empresa. No mês passado, o vereador Jackson (PT) informou ao BNews que ingressou com uma ação para barrar a construção. “O governo municipal liberou uma licença ambiental numa área de preservação permanente, onde nós temos uma lagoa, animais em extinção e tudo mais. Esse terreno foi alvo de polêmica no início do ano. Segundo a prefeitura, a área é particular. Mas a gente precisa saber realmente, porque tudo indica que a área é do município”, declarou, na ocasião. O titular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Genival Seixas, também afirmou na ocasião que o loteamento do terreno é legalizado. "Ele tem licenciamento ambiental. Passou por diversas instâncias de análise. É uma área de propriedade privada. Além disso, ele está fazendo uma doação de um pedaço da área para o município para que ocorram os eventos que lá já ocorriam".
Rate this item
(0 votes)

2 comments

  • Dario
    Dario Quarta, 22 Maio 2019 01:20 Comment Link

    That is true for funding recommendation as nicely.

  • Jestine Elvira
    Jestine Elvira Domingo, 10 Março 2019 18:40 Comment Link

    Hey there! Would you mind if I share your blog with my twitter group? There's a lot of folks that I think would really appreciate your content. Please let me know. Thank you

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

Tela Noticia acima de tudo, representa jornalismo com seriedade em busca da verdade por trás dos fatos!

Lives Facebook

GALERIA FATO VERDADE