Esportes

Esportes (325)

O Corinthians derrotou o Guarani por 1 a 0, neste domingo (11) no estádio Brinco de Ouro, e manteve a liderança do Grupo A no Campeonato Paulista com 16 pontos. A vitória do Timão foi obtida graças a um garoto, Cauê, de apenas 18 anos.

O time do Parque São Jorge não fez uma boa apresentação, mas alcançou a vitória que lhe garantiu a invencibilidade na competição (com 4 vitórias e 2 empates). E o triunfo foi garantido apenas no segundo tempo, graças ao oportunismo do garoto Cauê.

Aos 27 minutos da etapa final, Léo Natel cruza e o goleiro Gabriel erra ao tentar afastar o perigo. Mas a bola bate na trave e fica livre para o atacante de 18 anos marcar o gol da vitória.

O próximo compromisso do Timão na competição será na próxima terça-feira (13), contra a Ferroviária.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

O Observatório de Futebol do Centro de Estudo Internacional do Esporte (CIES Football Observatory) divulgou nesta segunda-feira um ranking construído a partir da comparação da performance até agora em 2021 dos jogadores das cinco principais ligas da Europa. Quem teve a melhor nota foi o argentino Lionel Messi, do Barcelona, com 92.5 em 100.

Messi disputou neste ano 12 jogos pelo Barcelona no Campeonato Espanhol. O craque anotou 16 gols e sete assistências nessas partidas.

O estudo levou em consideração apenas os compromissos pela liga espanhola. O índice é computado a partir de estatísticas de cada jogador em seis aspectos do jogo: rigor, recuperação, distribuição, tomada de posse, criação de chance e chute.

Hoje o Barcelona de Messi está em segundo lugar na tabela de classificação do Campeonato Espanhol, com 62 pontos, quatro a menos do que o líder Atlético de Madrid.

Na temporada como um todo, incluindo os compromissos de 2020, Messi realizou 37 jogos até agora, com 29 gols e 13 assistências.

A metodologia do CIES contrapôs os desempenhos de atletas de 98 clubes dos campeonatos nacionais mais relevantes na Europa (Bundesliga, La Liga, Ligue 1, Premier League e Serie A), independentemente da posição. Na pesquisa só entraram jogadores que disputaram pelo menos dois terços do total possível de minutos.

Quem ocupa a segunda posição no ranking do Observatório de Futebol do CIES é o atacante Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, artilheiro isolado do Campeonato Alemão com 35 gols em 25 jogos. O polonês registrou 89.5 pontos na Bundesliga. No período analisado, Lewandowski somou 18 gols e duas assistências.

O pódio é completado pelo volante Jorginho, do Chelsea, brasileiro naturalizado italiano, com 89.4 pontos na Premier League. De janeiro até o fim de março, o meio-campista marcou três gols no Campeonato Inglês.

O português Cristiano Ronaldo, da Juventus, artilheiro do Campeonato Italiano com 23 gols em 24 jogos, está em quinto lugar (89.3).

Depois de Jorginho, o atleta nascido no Brasil em melhor posição é o zagueiro Marquinhos, do Paris Saint-Germain. Ele está em 25º lugar, com 83.1 pontos.

Top 10 do Observatório de Futebol do CIES — Foto: Reprodução / CIES Football Observatory

FONTE: GLOBO ESPORTE

Classificado por antecipação aos playoffs da Champions League das Américas (o equivalente, no basquete masculino, à Libertadores), o Flamengo ajudou o Minas Tênis Clube a também se garantir entre os finalistas. Nesta sexta-feira (26), o Rubro-Negro venceu o Instituto (Argentina) por 90 a 80 pela última rodada da terceira janela da primeira fase. A partida foi disputada no ginásio Ángel Sandrin, em Córdoba (Argentina), que sediou o terceiro turno do Grupo D.

O cestinha da partida foi o ala Martin Cuello, do Instituto, com 21 pontos. Já o pivô Rafael Hettsheimeir foi eleito o melhor atleta em quadra. O rubro-negro assinalou 17 pontos, sendo o maior pontuador da equipe carioca, distribuiu duas assistências e pegou sete rebotes.

O Flamengo encerrou o Grupo D na liderança, com dez pontos. O Minas aparece em segundo lugar, com oito pontos, dois a mais que o Instituto. Na última quinta-feira (25), também em Córdoba, os cariocas derrotaram os mineiros por 70 a 61. O resultado garantiu o Rubro-Negro no mata-mata, que será realizado entre os dias 8 e 13 de abril, em sede a ser definida, em jogos únicos.

Os argentinos têm um jogo para fazer contra o próprio Flamengo, que foi adiado em fevereiro, no primeiro turno, após a equipe de Córdoba registrar um surto do novo coronavírus (covid-19) no elenco. Mesmo que ganhe a partida, que ainda não foi remarcada, e empate em pontos com o Minas, o Instituto não consegue ultrapassar o time brasileiro, por ficar atrás no confronto direto (em três duelos entre eles, os mineiros ganharam duas vezes).

O Instituto começou a partida melhor e fechou o primeiro quarto à frente do Flamengo (25 a 24). No segundo período, a bola de três pontos do ala-pivô Léo Demétrio, com 15 segundos, colocou o Rubro-Negro de vez no comando do placar. O time carioca anotou 24 pontos na parcial, cedendo apenas 18, e foi para o intervalo com cinco pontos de vantagem (48 a 43).

O terceiro quarto do Flamengo foi ainda mais dominante, com oito jogadores diferentes anotando pontos e eficiência nos rebotes (14 ao todo, nove defensivos). O Rubro-Negro assinalou 27 pontos, sofreu 14 e abriu 18 pontos de vantagem para o rival. Precisando da vitória, o Instituto se lançou ao ataque no último período e foi melhor que os brasileiros (23 a 15), mas a reação foi insuficiente.

Adiamentos

Também nesta sexta-feira, a organização da Champions anunciou o adiamento dos jogos da terceira janela dos Grupos B e C, que seriam realizados nas cidades de São Paulo e Franca (SP), respectivamente, a partir deste sábado (27). Os municípios estão impossibilitados de receber partidas devido à Fase Emergencial do Plano São Paulo, a mais restritiva no combate à covid-19. A suspensão, a princípio até 30 de março (terça-feira), foi prorrogada até 11 de abril.

O São Paulo ocupa o segundo lugar do Grupo B, com seis pontos, um a menos que o líder e atual campeão Quimsa (Argentina) e um a frente do Universidad de Concepción (Chile). No Grupo C, o Sesi Franca também aparece em segundo, com seis pontos. A ponta é do San Lorenzo (Argentina), com oito pontos. O Obras Sanitarias (Argentina) é o lanterna, com quatro pontos.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

O técnico Adilson Batista publicou um vídeo no Instagram neste domingo (17) comunicando que deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Cardiológio Constantini, em Curitiba (PR), após sofrer um infarto na última quinta-feira (14).

O treinador permanecerá internado em observação em quatro particular por duas semanas. Por causa do problema cardíaco, Adilson Batista precisou passar por dois cateterismos.

Adilson, de 52 anos, realizou seu último trabalho no Cruzeiro, quando foi demitido pela diretoria do clube mineiro em março do ano passado. Ele também teve passagens por América-MG, Athletico-PR, Atlético-GO, Ceará, Corinthians, Figueirense e São Paulo. No momento, o treinador está sem clube.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

Na abertura das semifinais da Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino, os quatro times que conseguiram o acesso à primeira divisão mostraram por que são tão difíceis de serem batidos. Botafogo, Bahia, Real Brasília e Napoli têm, somados, apenas uma derrota na competição e assim seguiram após dois empates nos jogos de ida. O Botafogo quase derrotou o Bahia, mas sofreu o empate nos acréscimos. Já o confronto em Brasília terminou sem gols.

No Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, o Bahia não pôde contar com a goleira Anna Bia, afastada após testar positivo para Covid-19. A artilheira do campeonato, Gadu, com 11 gols, também não atuou por ainda estar se recuperando de lesão. Num duelo muito equilibrado, o Botafogo, único entre os semifinalistas que sofreu uma derrota no decorrer da competição, quase acabou com uma invencibilidade de um ano e sete meses do Bahia. Já aos 40 do segundo tempo, Karol Lins finalmente conseguiu furar a defesa baiana e abrir o placar.

No entanto, seis minutos depois o árbitro marcou pênalti para o Bahia e Giovania converteu, evitando a derrota e igualando o placar. Final de jogo 1 a 1.

Na outra semifinal a rede não balançou

No jogo que abriu as semifinais, Real Brasília (DF) e Napoli (SC), outras duas equipes que não conheceram a derrota até agora, ficaram no 0 a 0 no Estádio Defelê. 

Os quatro times já conquistaram o acesso e agora brigam para saber quem fica com o título. As partidas de volta estão marcadas para o próximo domingo, dia 17. Às 15h30, o Napoli recebe o Real em Caçador (SC). Às 16h, Bahia e Botafogo entram em campo na Fonte Nova para decidir o segundo finalista. O clube baiano não leva vantagem por ter marcado um gol fora de casa. Ou seja, caso aconteça outro empate, a vaga na decisão sairá de uma disputa de pênaltis. Quem vencer leva, situação que se repete na outra semifinal.

O Campeonato Brasileiro A1, do qual as quatro equipes participarão, já tem data definida: começa em 28 de março, com final previsto para 26 de setembro e uma pausa em junho devido à disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

 

No confronto entre dois rivais desesperados para escaparem da Série B, o Vasco levou a melhor e derrotou o Botafogo por 3 a 0 no Estádio de São Januário. Talles Magno, Andrey e Yago Pikachu marcaram os gols da partida. Após somar quatro pontos nos dois primeiros jogos sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o Cruzmaltino saiu da zona de rebaixamento, ultrapassando Bahia e Fortaleza e subindo para o 15º lugar, com 32 pontos. Já o Glorioso vê a recuperação cada vez mais difícil: tem apenas 23 pontos e está na penúltima posição na tabela.

O técnico do Botafogo, Eduardo Barroca, surpreendeu na escalação e apostou em uma formação com muitos atletas jovens. Conhecido pelo trabalho nas categorias de base do Alvinegro, Barroca buscou dar mais gás ao time, mas em campo a equipe mostrou timidez, oferecendo pouco perigo à meta defendida por Fernando Miguel. Dominando as ações, o Vasco chegou ao primeiro gol aos 21 minutos. Henrique cruzou da esquerda, os defensores Sousa e Victor Luis, do Botafogo, não subiram, mas o atacante Talles Magno, do Vasco, sim. Ele cabeceou no canto esquerdo de Diego Cavalieri para abrir o placar. Mesmo em desvantagem e em situação crítica na tabela, o Botafogo seguiu sem reagir. A primeira etapa terminou com o Vasco finalizando mais do que o dobro de vezes que o Botafogo: 11 contra quatro.

Depois do intervalo, Barroca colocou o experiente marfinense Salomon Kalou em campo. Aos poucos, o Alvinegro passou a levar algum perigo, como na bola que Henrique salvou em cima da linha, após chute justamente de Kalou. Mas o Vasco esfriou qualquer tentativa de reação quando ampliou o placar aos 31, com Andrey, que havia entrado em campo onze minutos antes. Ele recebeu de Cano e chutou com categoria para marcar. Com mais conforto no placar, o Cruzmaltino controlou o ritmo até o fim e conseguiu mais um gol. Yago Pikachu foi derrubado por Barrandeguy dentro da área. Ele próprio cobrou o pênalti e fechou o placar: 3 a 0. Foi o 100º gol de Pikachu na carreira.

Depois de empatar com o Atlético-GO fora de casa na estreia de Vanderlei Luxemburgo, o Vasco agora tem a perspectiva de seguir ganhando posições. No próximo sábado, dia 16, recebe o lanterna Coritiba, podendo abrir distância para a zona de rebaixamento. No momento, o Vasco tem a mesma quantidade de pontos que o Sport, 14º colocado e que o Fortaleza, 16º. O Bahia, primeiro integrante do Z-4, tem 29.

Já o Botafogo está cada vez mais próximo de cair. O time tem apenas uma vitória nos últimos 13 jogos e é também a equipe que menos venceu no campeonato: apenas quatro triunfos em 29 partidas. São nove pontos de distância para o Fortaleza, que é a primeira equipe fora da zona de rebaixamento. O próximo compromisso do Alvinegro é no domingo, dia 17, diante do Santos, na Vila Belmiro.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

 

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, disse nesta terça-feira (24) que a situação ideal para a Olimpíada de 2020, adiada para o ano que vem, é ver os locais de competição repletos de torcedores, enquanto os organizadores lutam para planejar os Jogos em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Como as infecções de covid-19 estão em alta em muitos países, os organizadores olímpicos ainda não decidiram se permitirão a presença de torcedores no ano que vem - e nem quantos, em caso positivo.

Falando no Clube de Correspondentes Estrangeiros do Japão, Koike disse que os organizadores ainda têm esperança de ter torcedores nos locais de competição quando a Olimpíada começar, em julho.

"A situação ideal... seria todos os atletas de todos os países virem aqui em segurança e com paz de espírito e a Olimpíada poder, como em anos anteriores, ser realizada com a presença plena dos torcedores também", disse a governadora.

Os organizadores haviam dito que não tomarão uma decisão sobre a quantidade de torcedores antes da primavera local.

Embora o Japão tenha praticamente evitado os números altos de infecções de covid-19 vistos em outros países, na semana passada os casos diários de Tóquio atingiram recordes acima de 500.

Koike alertou que a capital japonesa está testemunhando um aumento de infecções entre moradores mais velhos, incluindo casos de pessoas que contraíram o vírus comendo fora e o transmitiram a parentes idosos em casa.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

 

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse nesta terça-feira (17) que os atletas não serão forçados a receber vacinação contra o novo coronavírus (covid-19) antes da Olimpíada de Tóquio, mas disse que deveriam fazê-lo como "demonstração de solidariedade" com os japoneses. Bach visitou a Vila dos Atletas no mesmo dia, e concluiu sua viagem de dois dias à capital do Japão com uma parada no Estádio Nacional.

"Incentivaremos os atletas para que, sempre que possível, recebam a vacinação, porque é melhor para sua saúde, e também é uma demonstração de solidariedade com seus colegas atletas e também com o povo japonês", disse o alemão.

A viagem de Bach, sua primeira ao país desde março, quando houve a decisão pelo adiamento dos Jogos, transcorreu em alto astral, e ele falou sobre o impacto grande que uma vacina poderia ter na capacidade de Tóquio sediar a Olimpíada do ano que vem. Mais de 11 mil atletas são esperados para o evento, que deve começar no dia 23 de julho, e milhares mais comparecerão para a Paralimpíada subsequente.

Mas quando o pressionaram a responder se os atletas furarão a fila para receber qualquer possível vacina antes dos Jogos, Bach foi firme ao dizer que este não será o caso.

"Deixamos claro já desde o início que as primeiras prioridades são enfermeiros, médicos e todos que mantêm nossa sociedade viva apesar da crise de coronavírus", disse Bach aos repórteres no Estádio Nacional.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

 

A marca registrada de Chú é a velocidade e a criação de jogadas pelos lados do campo. Mas, nesta quinta-feira (1), um metro atacante de apenas 1,58 apareceu na área e, de cabeça, marcou o gol que abriu caminho para a vitória da Ferroviária sobre o Avaí / Kindermann, por 2 a 0, pela 12ª rodada da Série A1 (primeira divisão) do Brasileiro Feminino.

A partida chegou a ficar quase 20 minutos paralisada no primeiro tempo devido à queda de energia em um dos refletores da Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). Antes da interrupção, como os catarinenses estavam melhor e tiveram a melhor oportunidade, em um chute cruzado da lateral Bruna Calderan, que passou rente à meta da goleira Luciana.

Na etapa final, Chú balançou como redes no primeiro minuto, aproveitando um cruzamento da zagueira Andréia Rosa pela direita. O gol deixou a Ferroviária à vontade e com o controle das ações. Não à toa, o segundo tento saiu. Aos 42 minutos, a lateral Daiane cobrou falta a meia altura, na grande área, e a zagueira Luana antecipou-se à marcação, desviando para o gol defendido por Bárbara e definindo o marcador.

O resultado levou como Guerreiras Grenás aos 23 pontos, na sexta colocação. As atuais campeãs têm a mesma pontuação das catarinenses, que ocupam a quinta posição pelo saldo de gols (25 a 20).

Verdão ascendente

Quem se aproveitou do tropeço do Avaí / Kindermann foi o Palmeiras. O Verdão não saiu do zero com o Grêmio no gramado sintético do estádio Francisco Noveletto, em Porto Alegre. As goleiras Raíssa, do Tricolor, e Vivi, do Alviverde, destacaram-se com pelo menos três defesas importantes cada ao longo dos 90 minutos.

A igualdade fora de casa alçou como palestrinas ao terceiro lugar, com os mesmos 24 pontos do Internacional. O Palmeiras fica à frente do Colorado por ter uma vitória a mais (oito a sete). O Grêmio continua na oitava posição, com 19 pontos, mas perdeu a chance de abrir vantagem para o Flamengo e São José, que ameaçam o lugar tricolor no G-8. A diferença das gremistas para as rubro-negras, que aparecem em nono, é de um ponto.

Próxima rodada

A 13ª rodada tem início neste domingo (4). Às 15h (horário de Brasília), o Flamengo recebe o Audax, no Rio de Janeiro. No mesmo horário, o São Paulo visita o Vitória, em Salvador, o Avaí / Kindermann mede problema com o Cruzeiro, em Caçador (SC), e o Grêmio vai a Campinas (SP) enfrentar uma Ponte Preta. Já às 15h30, o líder Corinthians encara o São José, em São Paulo. Na segunda-feira (5), às 15h, o Palmeiras duela com o Internacional na capital paulista. Às 16h, Iranduba e Minas Brasília fazem, em Manaus, um confronto direto contra o rebaixamento. Por fim, às 19h, tem Santos e Ferroviária no litoral paulista.

São Paulo, Avaí / Kindermann, Palmeiras, Internacional e Ferroviária podem se garantir nas quartas de final se vencerem seus confrontos. Por enquanto, só Corinthians e Santos estão classificados. Já na parte de baixo da tabela, Vitória e Ponte Preta estão rebaixadas. Em caso de tropeço, o Audax pode ficar em situação praticamente irreversível no Z-4, se o Minas derrotar o Iranduba.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

 
 

A Fifa definiu as condições para a liberação de jogadores para a disputa das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar 2022, que estão marcadas para começar na semana que vem em meio a preocupações por conta do aumento nas taxas de infecção pelo novo coronavírus (covid-19), dificuldades de deslocamento e regras de quarentena. 

A Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) anunciou no mês passado que a competição começaria em outubro e que já tinha a aprovação da Fifa. 

Muitos dos principais jogadores de grandes clubes europeus estão envolvidos nos jogos, incluindo Lionel Messi do Barcelona, e Neymar, do Paris St. Germain, que foram convocados por Argentina e Brasil, respectivamente.

A Fifa disse na quinta-feira (1º de outubro) que as regras normais de liberação dos jogadores seriam aplicadas, mas com exceções.

A entidade que comanda o futebol mundial disse que os jogadores precisam estar isentos de restrições de viagem ou quarentena, tanto nos países onde irão disputar jogos, quanto nos países onde seus clubes estão sediados. 

Se houver um período de quarentena de cinco dias ou mais na chegada de qualquer um dos países, então os clubes não serão obrigados a liberá-los.

"A Fifa em conjunto com as confederações e associações membros irá continuar monitorando a situação em relação a políticas de viagem e quarentena das autoridades relevantes em relação às próximas partidas internacionais", afirmou a entidade.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

 

Tela Noticia acima de tudo, representa jornalismo com seriedade em busca da verdade por trás dos fatos!

Lives Facebook

GALERIA FATO VERDADE