Maduro diz que apagão na Venezuela continua devido a novo ataque cibernético Featured

11 Mar 2019
16 times

Em discurso neste sábado (9), o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou que um novo "ataque cibernético" impediu o restabelecimento de energia no país.

O apagão que atingiu a Venezuela dura mais de 48 horas e afetou 22 dos 23 estados do país. Segundo informações do observatório de medição Netblocks, 96% da população está sem internet.

No discurso em Caracas, Maduro afirmou que o trabalho de restabelecimento da energia estava em 70%, quando houve o novo ataque. "Hoje, 9 de março, havíamos avançado quase 70%, quando sofremos, ao meio-dia, um novo ataque de caráter cibernético a uma das fontes de geração, que funcionava perfeitamente, o que perturbou e derrubou tudo o que havíamos conseguido", disse.

De acordo com o ditador, são ataques eletromagnéticos contra as linhas de transmissão da represa de Guri, a maior hidrelétrica do país. O blecaute também afetou o estado de Roraima.
"Espero que o processo de restabelecimento seja definitivo e estável para a maioria dos venezuelanos nas próximas horas. Peço compreensão.", disse Maduro.

Rate this item
(0 votes)

1 comment

  • Angus
    Angus Quarta, 17 Abril 2019 06:29 Comment Link

    This iѕ mу firѕt time go to see ɑt here and i am actually impressed to read еverthing
    at single place.

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

Tela Noticia acima de tudo, representa jornalismo com seriedade em busca da verdade por trás dos fatos!

Lives Facebook

GALERIA FATO VERDADE