Aprovada resolução que reconhece ameaça representada pelo regime de Nicolás Maduro Featured

24 Set 2019
19 times

Em nota divulgada nesta segunda-feira (23), os ministros das Relações Exteriores dos Estados Partes do Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (Tiar) informaram a aprovação de uma resolução que reconhece a ameaça representada pelo regime ilegítimo de Nicolás Maduro à segurança e estabilidade do Hemisfério.

De acordo com a nota, os países vão investigar e levar à justiça pessoas e entidades do governo de Maduro, vinculadas à narco-guerrilha e ao terrorismo, assim como os responsáveis por violações de direitos humanos, corrupção e lavagem de dinheiro.

“O objetivo”, informa o texto, “é evitar que a Venezuela continue sendo território livre para atividades ilícitas e criminosas, que constituem graves ameaças à segurança regional, além de castigo sistemático ao povo venezuelano”.

O TIAR é um tratado internacional de 1947. São 19 os Estados Partes do instrumento: Argentina, Bahamas, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Haiti, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.

O Ministro das Relações Exteriores, embaixador Ernesto Araújo, chefiou a delegação brasileira e foi eleito, por aclamação, primeiro vice-presidente do Órgão de Consulta, que deverá voltar a reunir-se nos próximos dois meses.

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

Tela Noticia acima de tudo, representa jornalismo com seriedade em busca da verdade por trás dos fatos!

Lives Facebook

GALERIA FATO VERDADE