Evo Morales é denunciado por pedofilia na Bolívia Featured

20 Ago 2020
1222 times

O Ministério de Justiça da Bolívia abriu investigação contra o ex-presidente Evo Morales após denúncia de pedofilia envolvendo o comunista.

As primeiras informações foram reveladas pelo site espanhol OKDIÁRIO que afirmou ter tido acesso exclusivo a um relatório secreto da Polícia Boliviana, que revela conversas de WhatsApp entre Evo Morales e uma adolescente de 19 anos.

Os investigadores suspeitam que os dois mantêm um relacionamento há cinco anos, ou seja,  desde quando a jovem tinha 14 anos e ainda era menor. Nas mensagens, de acordo com o site, a menina confirma que ela e Evo Morales são namorados, além de tratar sobre questões de cunho sexual.

A Polícia Boliviana está analisado as fotos íntimas e as conversas entre a menina e o narco-cocaleiro.

Na última quinta-feira (13), a vice-presidente do Senado boliviano, Carmen Eva Gonzáles, denunciou Evo Morales no Ministério Público por  crime de pedofilia.

A investigação está em fase preliminar e foi iniciada há vinte dias no Ministério de Governo da Bolívia.

O site espanhol revela que nas mensagens é a própria adolescente quem confirma sua relação com Evo Morales.

No dia 6 de fevereiro deste ano, a jovem enviou mensagem a Evo Morales dizendo: “Amor. O melhor dia da minha vida foi aquele em que você e eu nos tornamos namorados, aquele dia 24 em que jurei ao meu coração e ao seu amor sincero para sempre.”

Ao que consta no inquérito policial, foram registradas 348 ligações perdidas do telefone pessoal de Evo Morales para o adolescente, que não atendeu às ligações.

Essas ligações ocorreram entre 4 de março e 7 de julho de 2020. O telefone de onde Evo Morales fez contato com a menina é o mesmo que está em funcionamento desde que ele se estabeleceu em Buenos Aires. Existem também várias mensagens de cunho sexual.

De acordo com o Código Penal Boliviano, se Evo Morales mantivesse relação sexual com a adolescente quando ela ainda era menor, mesmo sendo plenamente consensual, ele poderia ter cometido um crime de estupro, punível com 3 a 6 anos de prisão. Na Bolívia, as relações sexuais entre duas pessoas não são permitidas até que ambas tenham mais de 18 anos.

FONTE: TERÇA LIVRE

 
Rate this item
(0 votes)

295 comments

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

Tela Noticia acima de tudo, representa jornalismo com seriedade em busca da verdade por trás dos fatos!

Lives Facebook

GALERIA FATO VERDADE