Eduardo Embaixador, ônus e bônus Featured

07 Set 2019
5 times

Em um primeiro momento eu concordei com Olavo de Carvalho. Como o “campeão” de votos para deputado federal, e que ajudou a eleger outros do PSL-SP, poderia abandonar a arena que conhece tão bem?

O desfalque de Eduardo na Câmara dos Deputados certamente será sentido. Basta olhar para o episódio envolvendo a Lei das Fake News. Eduardo fez o contraponto mais enfático e deu a merecida luz à emenda corporativista do deputado Kim Kataguiri.

Um outro aspecto ruim é termos em São Paulo, novamente, um político abandonando o cargo. Não é um cargo executivo, como José Serra e João Doria na prefeitura da cidade. Mas ainda sim é uma saída prematura do deputado federal mais votado da história.

Qual seria então o bônus de uma decisão tão importante? O “simples” fato de ser o filho do presidente?

Sim, este é um dos aspectos positivos. O presidente dos EUA Donald Trump está reorganizando as relações comerciais com o resto do mundo, em especial a relação com a China.

Os chineses se desenvolveram economicamente através de uma forte política de exportação de manufaturas para o resto do mundo. Os EUA, seu maior importador, se desindustrializou e acumulou um enorme déficit comercial com os chineses. Transferiu tecnologia para a China por conta de suas empresas que buscaram do outro lado do pacífico uma mão de obra barata. Uma situação insustentável.

Trump, com a ajuda de Steve Bannon, entendeu que ou os chineses aprendem que o comércio é uma via de duas mãos, ou que os chineses que comprem seus próprios produtos.

Neste jogo também há a questão dos valores democráticos, agora que a China enfrenta uma multidão enfurecida defendendo a liberdade em Hong Kong.

Trump precisa de aliados leais. Enviar o filho para a embaixada é enviar o próprio filho para “lutar” com os EUA, e qualquer acordo entre Brasil e EUA é um “acordo de sangue”.

O ônus neste caso, é a relação durar somente até 2020 em caso de derrota do atual presidente nas eleições.

Um outro aspecto positivo é que o Brasil precisa muito de investimentos americanos. Temos uma economia altamente oligopolizada em diversos setores, como Paulo Guedes já expressou: “Somos 200 milhões de patos e cinco bancos”.

Em diversos setores o desembarque de novos players seria bem vindo. E Eduardo já entendeu que é possível ajudar a trazer investimentos para o Brasil.

O desembarque da Time Warner/AT&T no Brasil seria um golaço em um setor (telecomunicações) carente de investimentos e novos players. Eduardo já articula para tal.

Caso a vinda se concretize pela compra da Oi melhor ainda.

A Oi é resultado de negociatas de governos anteriores que apostaram na política de “campeões nacionais”. E que deu errado. Afundada em dívidas e resultados ruins, a companhia agoniza em uma Recuperação Judicial que encaminha para falência caso não haja novos aportes financeiros ou mesmo redução de compromissos como a manutenção dos obsoletos orelhões. O PLC 79 na Câmara é que trata deste assunto e será debatido nas próximas semanas.

O uso da base de Alcântara pelos EUA ainda carece de esforço do lado brasileiro para se concretizar, desde a questão das salvaguardas tecnológicas, até a parte de infraestrutura da base como Eduardo expôs recentemente.

Em um próxima etapa do programa de desestatização prevista pela equipe econômica, será muito bem vindo o desembarque de investimentos americanos no Brasil. O embaixador do Brasil nos EUA será primordial neste corpo a corpo com investidores.

Por fim, Eduardo será substituído pelo deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança, um excelente quadro do PSL, na comissão de relações exteriores da câmara. Menos mal.

Se de um lado teremos a ausência Eduardo Bolsonaro na Câmara, por outro teremos um embaixador capaz de fazer da embaixada uma própria extensão do governo brasileiro e do presidente.

Se a escolha foi certa ou não só poderemos dizer daqui quatro anos.

Por ora vejo o copo meio cheio e meio vazio. Espero que Eduardo faça-o transbordar.

Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

Tela Noticia acima de tudo, representa jornalismo com seriedade em busca da verdade por trás dos fatos!

Lives Facebook

GALERIA FATO VERDADE