Monumento ao Caminhoneiro completa 15 anos

monumento-ao-caminhoneiro-completa-15-anos

Bota O Vaqueiro na Praça dos Remédios – No segundo mandato como prefeito de Feira, em setembro de  2007, Zé Ronaldo inaugurou o ‘Monumento ao Caminhoneiro do Brasil’, o nosso “Giganti dela Strada”, uma enorme escultura em forma de pórtico, em metal e cimento, de autoria do artista Gil Mário, erguida na avenida Presidente Dutra, no centro de Feira de Santana. “Trata-se de um cartão postal de Feira de Santana“, dizem os entusiastas não sem certo exagero embora seja um equipamento que não deixe de chamar a atenção na movimentada via onde se encontra.  O arrojado monumento que substituiu um tímido busto de bronze de um eminente da Feira, passados já 15 anos, ainda não é uma unanimidade, o que não deixa de ser saudável, e as críticas mais evidentes e populares são pela falta de obviedade da homenagem: “caminhoneiro passa ali mas não sabe que a homenagem é pra ele, não entende”. Quem percebe os detalhes vê o caminhão, as carrocerias e seus desenhos, a sinuosidade das estradas, a curva das chaparias, a alma do caminhoneiro. Talvez,  como homenagem pública que é, falte uma placa grande, um indicativo com o nome visualizado de longe: “Monumento ao Caminhoneiro do Brasil”.

Related Articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.