Procura-se: Apenas um trabalhador que acertou bolão milionário da Mega-Sena ainda não resgatou o prêmio

procura-se:-apenas-um-trabalhador-que-acertou-bolao-milionario-da-mega-sena-ainda-nao-resgatou-o-premio


44 funcionários de uma empresa levaram mais de R$ 2 milhões após bolão vencer aposta na Mega-Sena no dia 2 de abril, e apenas um sortudo ainda não se consolidou milionário. Caixa Econômica Federal afirma que apenas um sortudo ainda não resgatou seus milhões
Marcelo Brandt/g1
Apenas um, dos 44 sortudos que ganharam um bolão da Mega-Sena, ainda ainda não fez a retirada do prêmio, segundo a Caixa Econômica Federal informou ao g1 neste domingo (10). No total, o grupo de trabalhadores de uma empresa portuária de Santos, no litoral de São Paulo, levou um prêmio de mais de R$ 122 milhões.
O fato de apenas um único trabalhador não ter sacado o dinheiro chamou atenção dos próprios colaboradores da empresa de logística, já que, apesar de existir uma lista amplamente divulgada com o nome dos vencedores, o papel que acabou vazando não registrava o nome de todo mundo. Portanto, até agora, ninguém sabe quem é, de fato, o ‘sortudo esquecido’.
De acordo com a Caixa, até o último sábado (9), 43 dos ganhadores já haviam resgatado o prêmio, que rendeu R$ 2.786.981,17 para cada um. Desta forma, apenas uma pessoa dentre as ganhadoras ainda não se consolidou milionária.
Conforme orientações no site da Caixa, como o o prêmio líquido é superior a R$ 1.332,78, o pagamento somente pode ser realizado nas agências da Caixa – que funcionam de segunda a sexta – mediante apresentação de comprovante de identidade original com CPF e recibo de aposta original e premiado.
Ainda de acordo com a instituição bancária, valores iguais ou acima de R$ 10 mil são pagos no prazo mínimo de dois dias úteis a partir de sua apresentação em agência da Caixa.
Além disso, o prazo para retirar o prêmio é de 90 dias, a partir da data do sorteio realizado em 2 de abril. Se o valor não for recebido no período, ele é repassado ao Fundo de Financiamento do Ensino Superior (Fies).
Empresa abriu vagas
A empresa de logística Marimex abriu vagas para diversos cargos depois de 44 colaboradores terem ganhado na Mega-Sena. A aposta foi feita poucas horas antes do sorteio, em uma lotérica de Santos.
Na segunda-feira (4), os 44 profissionais contemplados não foram trabalhar. O g1 apurou que, entre os vencedores, há faxineiros, técnicos de diversos setores e até mesmo executivos. Mas o caso rendeu briga e confusão: alguns funcionários que não entraram no bolão vazaram números de telefone e perfis de alguns dos novos milionários.
Após a divulgação do resultado, um anúncio feito pela própria Marimex gerou brincadeiras entre os internautas. No post, divulgado horas depois da divulgação da Mega-Sena, a companhia comemorou a chegada de 14 novos profissionais.
Um anúncio feito pela empresa de logística portuária Marimex, por meio das redes sociais, gerou brincadeiras entre os internautas
g1 Santos
Já neste sábado (9), a empresa divulgou novas vagas para faxineiro, técnico de logística portuária, técnico de enfermagem do trabalho, analista de exportação e assistente técnico de manutenção. Para se inscrever, é preciso acessar o site da Marimex.
Até a última atualização desta reportagem, a Marimex, empresa de logística onde apostadores do bolão trabalham (ou trabalhavam), não se manifestou oficialmente. Também não informou, até a última atualização desta reportagem, se algum dos participantes do bolão já pediu demissão.
LEIA TAMBÉM:

Litoral de SP vira ‘capital da Mega-Sena’ após distribuir R$ 217 milhões em 15 dias
Veja, no vídeo abaixo, como funciona a Mega-Sena:
Entenda como funciona a Mega-Sena e qual a probabilidade de ganhar o prêmio
Funcionária da lotérica desabafa
Uma funcionária da lotérica “pé-quente” de Santos confessou que aguarda receber de presente um carro de um dos participantes do bolão vencedor, que teria prometido lhe presentear com um veículo, caso levasse o prêmio. A operadora de caixa Luciana Pereira, de 42 anos, revelou que se lembra da fisionomia do apostador, que foi à lotérica sozinho.
Segundo Luciana, os apostadores costumam ser generosos, independentemente dos prêmios serem grandes ou pequenos. “Geralmente, as pessoas nos dão R$ 20 ou R$ 100”. O dono da lotérica, que prefere não ser identificado, afirma que ouviu sobre a promessa feita à funcionária, mas disse que, “como todos falam isso”, não se atendou.
Funcionária afirma que o apostador que foi realizar o bolão prometeu que daria um carro a ela
Caroline Melo/ g1
Pé-quente
A lotérica Santo & Santo já havia sido pé-quente em 2015, ao registrar o bilhete vencedor da Mega-Sena e distribuir mais de R$ 98 milhões.
Segundo a Caixa, a última vez que uma aposta única levou um prêmio maior do que R$ 100 milhões foi em outubro de 2020, quando a aposta vencedora ganhou R$ 103.029.826,38, na cidade de Abreu e Lima (PE).
Na manhã da segunda, a lotérica estava aberta. Nos guichês, novos apostadores relataram que estavam ansiosos para serem as próximas “vítimas” dessa onda de sorte do estabelecimento.
Lotérica Santo & Santo, em Santos, no litoral de São Paulo.
Caroline Melo/ g1
Aposta vencedora
Segundo informações da Caixa, a aposta foi feita por volta das 12h de sábado (2), dia do sorteio. Cada um dos 44 vencedores gastou R$ 17,18 para participar de dois jogos com nove números no total.
Os números sorteados foram: 22 – 35 – 41 – 42 – 53 – 57. Os vencedores ainda apostaram no 06, no 13 e no 46, que acabaram não sendo necessários para que a aposta fosse a vencedora. Com isso, multiplicaram o valor apostado em mais de 162 mil vezes.
Apostas da Mega-Sena feitas por funcionários de empresa em Santos, SP
Arquivo Pessoal
Outro prêmio no litoral de SP
Em 19 de março, outro morador do litoral de São Paulo levou uma bolada de R$ 94 milhões da Mega-Sena. O prêmio foi suficiente para mudar a rotina da pequena cidade de Mongaguá, tanto que moradores se uniram para tentar desvendar o ‘mistério’ de quem seria o mais novo milionário do município.
Poucos dias após o sorteio, o ganhador foi até a Caixa Econômica Federal para resgatar o prêmio. Segundo divulgado pela Caixa, o ‘sortudo’ fez uma aposta única, no valor mínimo, e não participava de nenhum tipo de bolão. Por isso, ele levou todo o prêmio para casa sozinho.
Lotérica Mongaguá, onde aposta do ganhador de R$94 milhões na Mega-Sena foi realizada
Márcia Rossi/Lotérica Mongaguá
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Related Articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.