Quase 200 projetos na Mostra da Diversidade da Cultura Popular em Feira

quase-200-projetos-na-mostra-da-diversidade-da-cultura-popular-em-feira

A Mostra da Diversidade Cultural: Imagens da Cultura Popular 2022 de Feira de Santana encerrou as inscrições no último dia 27, contabilizando quase 200 projetos inscritos. Desses, foram selecionados 12 pela equipe técnica para receber a premiação de R$ 5 mil e desenvolver todas as ações previstas no edital, que incluem apresentação artística e ações de contrapartida obrigatória. Outros três projetos foram convidados para participar do evento da Mostra Final, totalizando 15 selecionados.

Pessoas físicas e jurídicas responsáveis por projetos culturais e socioculturais desenvolvidos no município tiveram entre os dias 27 de junho e 27 de julho para se inscrever na Mostra, realizada pela ONG Favela é Isso Aí, que integra o programa Forma e Transforma, com o patrocínio da Belgo Bekaert Arames, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e apoio da Fundação ArcelorMittal.

Os projetos foram selecionados considerando características como: desenvolvimento feito por artistas, grupos e coletivos culturais representativos das manifestações populares e patrimônio cultural imaterial de Feira de Santana; contribuição para o fortalecimento da identidade local; e caráter comunitário, com ações em seus respectivos territórios.

A antropóloga e coordenadora executiva da Favela é Isso Aí, Clarice Libânio, ressalta que a Mostra tem registrado uma crescente adesão dos artistas e grupos de Feira de Santana. “Este ano, tivemos um número recorde de inscrições o que comprova a importância do acesso e adesão dos artistas a nossa proposta. Tivemos uma multiplicidade incrível de projetos, com propostas muito interessantes e, com isso, a comissão teve um trabalho muito grande para selecionar os projetos”, relatou.

Tamylla Novais, Analista de Responsabilidade Social da Belgo Bekaert Arames, destaca a importância da iniciativa para a preservação da cultura no município: “Nossa cidade tem uma riqueza ímpar de manifestações culturais e a quantidade de inscritos demonstra o fortalecimento do projeto no município. Dar oportunidade para os artistas quem mantêm a cultura viva na cidade, é motivo de muito orgulho para nós”.

Os 12 artistas e grupos premiados devem realizar três atividades: participação com apresentação ao público durante a Mostra em setembro; ações de contrapartida obrigatória, com gravação de depoimento para o projeto Moradores e ação voltada para a comunidade feirense como curso ou oficina, em escolas ou instituições filantrópicas.

São exemplos de atividades a serem realizadas na Mostra: apresentações artísticas em qualquer modalidade, feiras, concertos, desfiles, cortejos, documentários, exposições fotográficas ou artísticas, publicação de livros ou outra atividade artística gratuita, conforme programação a ser acordada entre a realizadora e os selecionados. Esta etapa será realizada de forma presencial, nos dias 10 e 11 de setembro de 2022.

Além dos 12 projetos selecionados e dos 3 convidados, foi divulgada uma lista com 9 projetos suplentes, que poderão ser convocados caso algum dos já aprovados não apresente a documentação necessária para a assinatura dos contratos, não se adeque ao perfil sugerido pela direção da Mostra ou descumpra alguma das normas de participação na Mostra, em qualquer uma de suas etapas.

Confira o resultado completo do edital em www.favelaeissoai.com.br/noticias/3728/mostra-da-diversidade-cultural-divulga-resultado-de-edital-com-recorde-de-inscricoes/

Sobre Favela é Isso Aí

Favela é Isso Aí é uma associação que surgiu como fruto do Guia Cultural de Vilas e Favelas, idealizado pela antropóloga Clarice Libânio e publicado em agosto de 2004. A organização foi criada com o objetivo de proporcionar a construção da cidadania a partir do apoio e divulgação das ações de arte e cultura das periferias, além de promover geração de renda para os artistas, melhorar as condições do fazer artístico e acesso ao mercado cultural.

Sobre o programa Forma e Transforma

Há mais de uma década, o programa Forma e Transforma atua em prol do desenvolvimento da cultura local, promovendo a formação artística e empreendedora, além de valorizar o patrimônio das localidades e estimular o desenvolvimento local por meio da arte e da cultura. O programa atua na realização de editais via Leis de Incentivo à Cultura.

Sobre a Belgo Bekaert Arames

A Belgo Bekaert é líder brasileira na transformação de arames de aço desde sua criação, fruto da parceria estratégica no Brasil entre a ArcelorMittal e a Bekaert. A empresa atua nos segmentos de Agronegócios, Cercamentos, Construção Civil, Automotivo, Solda, Aplicações Especiais e Indústria Petrolífera, oferecendo um mix de produtos e serviços que atendem com tecnologia de ponta, confiabilidade e qualidade aos mais diversos perfis de clientes.

Atualmente a empresa possui 9 unidades: 5 em Minas Gerais, sendo duas na cidade de Contagem, e fábricas únicas em Vespasiano, Sabará e Itaúna; duas na Bahia, na cidade de Feira de Santana; e duas em São Paulo, nas cidades de Osasco e Sumaré.

Sobre a Fundação ArcelorMittal

Criada em 1988, a Fundação ArcelorMittal atua com o propósito de transformar a vida das pessoas de forma coletiva e participativa, compartilhando conhecimento e inovação, contribuindo para a inclusão e a formação de cidadãos. A Fundação atua em três eixos prioritários: Educação, Cultura e Esporte.

Na área de Cultura, a Fundação atua principalmente no campo da formação e de democratização do acesso às artes. Realiza o Diversão em Cena, maior programa de formação de público para teatro infantil do Brasil, que leva uma programação regular de espetáculos de forma gratuita ou a preços populares para várias cidades do país. Já por meio do programa Forma e Transforma, a instituição promove iniciativas com foco na formação de artistas, empreendedores e gestores culturais, além de promover a valorização e desenvolvimento da cultura das localidades, a partir da realização de editais.

Related Articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.